Links de Acesso

Bangladesh: Detidos suspeitos assassinos de trabalhador humanitário italiano


Polícia no local onde Cesare Tavella foi assassinado, em setembro.

Polícia no local onde Cesare Tavella foi assassinado, em setembro.

Quatro suspeitos em conexão com o assassinato de um trabalhador humanitário italiano foram detidos no Bagladesh.

As autoridades dizem que os suspeitos confessaram ter morto, na zona diplomática da capital, Daca, Cesare Tavella, gestor de projecto de uma agência de desenvolvimento global com sede na Holanda.

Tavella foi morto a tiro por indivíduos que usavam motocicletas, em setembro.

O grupo Estado Islâmico rapidamente assumiu a responsabilidade pela morte de Tavella, o que as autoridades do Bangladesh sempre rejeitaram, dizendo que a organização terrorista não tinha uma posição no Bangladesh.

O Bangladesh culpou militantes islâmicos locais e políticos pela morte do trabalhador humanitário.

Segundo a polícia, os homens foram instruídos a matar Tavella, por um individuo não identificado, para “criar caos” no país, por ser estrangeiro e de raça branca.

XS
SM
MD
LG