Links de Acesso

Banco Mundial vai apoiar Moçambique na reconstrução depois das cheias

  • William Mapote

Director executivo para África terminou hoje visita a Moçambique.

O Banco Mundial manifestou hoje, 5, o desejo de apoiar Moçambique na reconstrução depois das cheias que provocaram este ano mais de uma centena de mortos e destruíram diversas infra-estruturas económicas e sociais.

A promessa de apoio foi deixada em conferência de imprensa que marcou o fim da visita ao país de Louis Larose, director executivo para a região africana do Banco Mundial.

“Estamos a trabalhar junto com o Governo para começar a titular e avaliar especificidades ou efeito das cheias a médio e a longo prazo. As áreas incluem as infra-estruturas sociais e económicas, mas também o impacto no desenvolvimento humano no sentido das acções em sistemas de educação, agricultura, saúde, nutrição de crianças”, disse Louis Larose, no final da sua visita a Maputo.

Numa altura em que muitos moçambicanos estão com espectativas nos benefícios que a exploração do gás natural, prevista para os próximos três anos, o Banco Mundial aconselha para a implementação de políticas de gestão prudente, por forma a não defraudar as expectativas.

Hoje Banco Mundial anunciou um apoio de 200 milhões de dólares para o Orçamento Geral de Estado deste ano e outros 300 milhões para projectos sectoriais.

XS
SM
MD
LG