Links de Acesso

Balói diz que comunidade internacional está de olho em Moçambique


Odemiro Baloi

Odemiro Baloi

Exército moçambicano está em prontidão.

O ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Balói, revelou neste Sábado, 13, que as organizações internacionais de que Moçambique faz parte estão a acompanhar com "atenção máxima" a situação do país, quando a Renamo ameaça tomar governos provinciais pela força.

"Todas as organizações de que o país está filiado estão a acompanhar com atenção a situação que se vive em Moçambique. Temos interagido, só que no âmbito da diplomacia silenciosa. A atenção é máxima", afirmou Balói, citado pela Agência de Informação de Moçambique, à chegada à África do Sul, onde acompanha o Presidente moçambicano que vai participar cimeira da União Africana.

Balói alertou que as ameaças da Renamo ainda não tiveram reacção das autoridades estatais, mas assegurou que estão em prontidão para responder ao que for necessário.

Na Quinta-feira, o Conselho Nacional da Renamo anunciou a criação ainda que à força das autarquias provinciais à força em seis regiões do centro e norte do país.

O partido liderado por Afonso Dhlakama decidiu também criar uma polícia, além da de redistribuir o seu efectivo militar para responder a eventuais ataques do Governo.

O mesmo órgão avisou que iria evacuar e ocupar os edifícios públicos onde funciona o Governo da Frelimo e que aos actuais dirigentes do partido no poder ser-lhes-ia dada oportunidade de escolha, de filiarem-se na Renamo para se manterem nos cargos ou abrirem caminho para a oposição.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG