Links de Acesso

Aviões dos EUA captam imagens que podem ser de jovens raptadas pelo Boko Haram


Percurso rodoviário controlado pelo Boko Haram, no nordeste da Nigéria

Percurso rodoviário controlado pelo Boko Haram, no nordeste da Nigéria

Imagens captadas por aviões de vigilância dos Estados Unidos no nordeste da Nigéria mostram um grande grupo de jovens em um local remoto que podem ser as sequestradas pelo Boko Haram em Abril. As informações, segundo o "Wall Street Journal", são de autoridades norte-americanas e nigerianas.

De acordo com as imagens, as jovens em cativeiro não teriam sido obrigadas a casar nem se tornaram escravas sexuais dos extremistas do Boko Haram. Isso porque provavelmente a intenção do grupo é trocá-las por prisioneiros.

A informação, prossegue o "Wall Street Journal", vai ao encontro de dados obtidos pelo governo nigeriano de que um grupo de sequestradas estaria recebendo tratamento especial devido ao seu "grande valor" de troca. O Presidente do país, que concorre à reeleição, já declarou que "não trocará inocentes por criminosos".

Em Maio deste ano, num vídeo divulgado pelo grupo radical Boko Haram, que sequestrou mais de 200 jovens na Nigéria, as meninas feitas reféns vestem hijabs (trajes tradicionais islâmicos) enquanto conversam em local desconhecido. Segundo um porta voz do grupo, elas se converteram ao Islão e só serão libertadas se o governo trocá-las por militantes presos.

Frank Mba, porta-voz da Força de Segurança da Nigéria, afirmou que as autoridades continuam a vigiar outros membros do Boko Haram. Ele pediu ainda ajuda da população "para denunciarem actividades suspeitas" onde os extremistas actuam.

XS
SM
MD
LG