Links de Acesso

Avaria técnica causou desastre com Antonov em Malanje

  • Isaías Soares

Os restos do Antonov 32 em Malanje

Os restos do Antonov 32 em Malanje

Avião aterrou à escuras e incendiou-se, mas os 47 passageiros saíram ilesos.

Uma avaria técnica sem mais detalhes foi o que levou um avião militar do tipo Antonov 32 a tentar uma aterrissagem de emergência em Malanje com 47 passageiros a bordo no Sábado à noite

O avião com 47 passageiros a bordo foi totalmente destruído por um incêndio, mas todos os passageiros escaparam depois da tripulação ter tentado aterrissar numa pista sem iluminação e sem qualquer tipo de controlo nocturno.

O chefe do Estado-Maior da FAN tenente-general Domingos Adriano da Silva Neto precisou em conferência de imprensa que o desastre foi originado por um problema de ordem técnico num dos motores.

“O avião cumpria uma missão das Forças Armadas vinha de Saurimo e aqui na vertical de Malanje surgiu uma avaria técnica, e a tripulação achou por bem aterrissar neste aeródromo”, disse, justificado que “a aterrissagem poderia ser melhor efectuada se esse aeródromo tivesse iluminação ou com controlo no período nocturno”.

Avião Antonov 32 que se despenhou em Malanje

Avião Antonov 32 que se despenhou em Malanje

O aparelho ficou destruído em consequência do incêndio. Os efectivos do Corpo de Bombeiros intervieram na extinção do incêndio.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG