Links de Acesso

Autoridades sanitárias revelam dois casos de zika em Angola

  • Redacção VOA

Ministério da Saúde diz que surto de cólera faz cinco mortos no Soyo.

O Ministério da Saúde (Minsa) revelou o surgimento de dois casos de zika em Angola, sem indicar o local onde foram identificados.

Esta é a primeira vez que há notícia de casos de zika em Angola.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 6, em comunicado enviado pelo Minsa às redacções e no qual também indica um surto de cólera no município do Soyo, na província angolana do Zaíre.

A nota indica ainda que, desde Dezembro, a doença provocou cinco óbitos entre 92 casos suspeitos.

O surto, explica o Minsa, está relacionando com o consumo de água imprópria e o deficiente saneamento do meio e terá surgido na “parte insular do município”

“Os Ministérios da Saúde e da Energia e Águas trabalham com o Governo provincial do Zaíre e com a Administração Municipal do Soyo, no sentido de mitigar esta epidemia”, garante o comunicado.

Apesar de não dar mais detalhes sobre os dois casos de zika, o Ministério da Saúde revelou ainda ter intensificado “as medidas de vigilância epidemiológica activa em todo território nacional e aconselha a população, em geral, sobretudo as mulheres grávidas e em idade de procriação, a redobrar os esforços de protecção individual contra os mosquitos dos transmissores da doença.

Esta é a primeira vez que há notícia de casos de zika em Angola.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG