Links de Acesso

Campanha de vacinação contra o sarampo na Huíla atinge os objectivos

  • Teodoro Albano

Vacinação contra o sarampo

Vacinação contra o sarampo

A participação do Ministério da Educação foi importante para o sucesso da campanha.

As autoridades sanitárias da Huíla estão satisfeitas com as metas atingidas durante a campanha de vacinação contra o sarampo ocorrida de 22 de Setembro a 5 de Outubro.

As metas de vacinação contra o sarampo foram ultrapassadas tendo abrangido 761 mil crianças contra as 751 mil previstas.

A vacina contra a poliomielite atingiu 100 por cento do previsto ao passo que a administração da dose da vitamina A chedgou a 98 por cento das metas preconizadas.

A supervisora provincial de Promoção da Saúde e Mobilização Social do departamento de Saúde Pública da Huíla Fátima Barros garante que mais do que as metas atingidas o importante foi assegurar a protecção vacinal das crianças.

“O nosso objectivo não é atingir bem as metas, o nosso objectivo é fazer com que todas as crianças estejam realmente protegidas e esse foi o nosso maior objectivo", garantiu Barros.

Da campanha de vacinação que durou cerca de duas semanas há lições a tirar e Fátima Barros destaca a entrega dos vários sectores, com realce para o sector da educação.

“Essa foi a primeira campanha que nós demos a vacinar acima dos 5 anos, mas este ano por causa do sarampo houve necessidade de se vacinar crianças até aos 10 anos, então tivemos de envolver o Ministério da Educação. Valeu a pena essa nova estratégia de envolver os professores envolver as escolas”, concluiu aquela responsável.

XS
SM
MD
LG