Links de Acesso

Autoridades não dão detalhes sobre confrontos na Comarca de Viana

  • Coque Mukuta

Portão principal da prisão de Viana

Portão principal da prisão de Viana

O Ministério do Interior ou a Polícia Nacional não se pronunciaram sobre os detalhes dos confrontos, tendo dito apenas que a situação está apenas controlada pelas forças da ordem.

Vários familiares dos detidos reuniram–se hoje na Comarca de Viana para receberem mais informações sobre a rebelião que se registou no interior daquela prisão.

No entanto, segundo os familiares, as autoridades não deram qualquer explicação sobre o que se estava a passar no interior daquela instituição prisional.


Até agora, o ministério do Interior ou a Polícia Nacional não se pronunciaram sobre os detalhes dos confrontos, tendo dito apenas que a situação está apenas controlada pelas forças da ordem.

Há algumas semanas registaram-se também confrontos entre presos na Comarca Central de Luanda que deixaram um saldo de nove mortos e 22 feridos.

Antes, a 30 de Outubro, uma rixa igualmente protagonizada por um grupo de detidos provocou 14 feridos, três dos quais em estado grave.

Em seguida, o antigo director da referida prisão e os seus colaboradores foram exonerados e entregues à PGR para a devida responsabilização criminal, no âmbito do inquérito instaurado a 26 de Agosto, depois da divulgação nas redes sociais de um vídeo em que efectivos dos Serviços Prisionais, Serviço de Protecção Civil e Bombeiros e agentes policiais aparecem a espancar, com bastões, murros e pontapés, detidos da referida cadeia.
XS
SM
MD
LG