Links de Acesso

Autoridades moçambicanas sancionam 23 empresas por recrutar estrangeiros ilegais


Moçambique Maputo Av Mao Tse Tung

Moçambique Maputo Av Mao Tse Tung

A Inspecção-Geral do Trabalho (IGT) impôsa sanções a 23 empresas de diversos ramos, em várias províncias do país, por recrutar mão-de-obra estrangeira de forma ilegal.

Segundo um comunicado do Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social, citado pelo jornal O País, as empresas contratantes deverão pagar multas pelas irregularidades, que, nos termos da lei sobre a contratação de mão-de-obra em vigor no país, variam de acordo com os salários que cada contratado recebia.

As empresas que cometeram as irregularidades operam nas províncias de Cabo Delgado, Nampula, Tete, Sofala, Manica, Gaza, Maputo cidade e província.
Segundo o referido comunicado, foram suspensos 59 trabalhadores estrangeiros ilegais, na sua maioria de nacionalidade portuguesa e chinesa.

XS
SM
MD
LG