Links de Acesso

Autoridades fecham rádios na Gâmbia

  • Redacção VOA

Oficiais de inteligência não justificaram a decisão.

As autoridades da Gâmbia fecharam uma estação de rádio privada, no meio de tensões políticas crescentes, devido à recusa do Presidente Yahya Jammeh em deixar o poder, depois de ter perdido as eleições.

Teranga FM, que traduz as notícias dos jornais gambianos para línguas locais, foi encerrada por quatro agentes da Agência Nacional de Inteligência e um oficial de polícia sem justificar os motivos.

Teranga FM foi retirada do ar quatro vezes nos últimos anos e o seu director está preso desde 2015 por sedição.

Informações não confirmadas oficialmente indicam que uma segunda estação perto da capital, Hilltop, também teria sido fechada hoje.

O Presidente Yahya Jammeh, no poder há 22 anos, recusa-se a deixar o cargo no final do mandato, em Janeiro, apesar de ter perdido as eleições a 1 de Dezembro.

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDAO) tem tentado convencer Jammeh a deixar a Presidência.

O vencedor foi o empresário Adama Barrow.

XS
SM
MD
LG