Links de Acesso

Autoridades de Manica alargam buscas à procura de sobreviventes de naufrágio

  • André Baptista

Sete membros de uma seita religiosa continuam desaparecidas desde sábado.

Autoridades da província de Manica, em Moçambique, alargaram nesta segunda-feira a área de buscas por sete pessoas que se encontram desaparecidas desde sábado, quando uma embarcação com 17 membros de uma seita religiosa naufragou na confluência dos rios Revue, Messica e Chicamba.

Cinco pessoas morreram.

As buscas foram alargadas hoje á barragem de Chicamba, a jusante da confluência dos rios Revue, Messica e Chicamba, onde a embarcação precária, movida a remo, naufragou com crentes da seita religiosa Zion Cristian Church (ZCC), de origem zimbabueana.

Das vitimas, cinco pessoas foram resgatadas com vida e outras cinco sem vida, incluindo duas crianças, que morreram afogadas no colo das mães.

As pessoas resgatadas com vida foram encontradas abraçadas a galhos de árvores no curso e nas margens das águas, presumindo-se que as restantes vítimas tenham sido arrastadas pela corrente.

Pio Langisse, pastor provincial da seita e um dos tripulantes da embarcação, assegurou a jornalistas que procedimentos fúnebres serão realizados na presença do pastor regional que deve chegar a Manica.

Os membros da seita encontram-se acampados em vigília e clamam pelo resgate das restantes pessoas, enquanto as buscas continuam.

XS
SM
MD
LG