Links de Acesso

Autoridades brasileiras investigam caso suspeito de ébola

  • Maria Cláudia Santos

O cidadão é proveniente da Guiné-Conacri e o resultado dos testes serão conhecidos amanhã.

As autoridades brasileiras investigam o primeiro caso de suspeita de ébola no país. Um cidadão da Guiné-Conacri, um dos países africanos afectados pela epidemia, está isolado no Rio de Janeiro, enquanto são realizados exames que devem confirmar ou não a doença

De acordo com o Governo brasileiro, a situação está sob controlo e, desde que foi dado o alerta vermelho para um possível caso de ébola no Brasil, todas as providências foram tomadas dentro dos prazos e dos padrões estabelecidos mundialmente.

O cidadão da Guiné-Conacri, Souleymane Bah, de 47 anos, desembarcou no Brasil em Guarulhos, São Paulo, no último dia 19. Depois, ele seguiu para Cascavel, no Paraná. Nesta quinta-feira, ele procurou uma unidade de atendimento depois de apresentar sintomas de febre. Assim que a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná identificou a suspeita, foi feita a notificação ao Ministério da Saúde brasileiro. Souleymane foi, então, transferido do Estado do Sul do Brasil para o Rio de Janeiro, onde está hospitalizado num hospital de referência.

Em conferência de imprensa hoje, 10, o ministro da Saúde Arthur Chioro informou que o primeiro resultado dos exames sai em 24 horas. De acordo com Chioro, de todo jeito, será necessário um segundo exame. O ministro brasileiro afirmou que mais de 60 pessoas são monitoradas, em grau maior ou menor, por terem tido algum tido de contato com o paciente com suspeita de ébola.

XS
SM
MD
LG