Links de Acesso

Autoridades americanas interrogam 100 pessoas para despistar ébola

  • VOA Português

Autoridades de saúde norte-americanas interrogaram cerca de 100 pessoas identificar potenciais casos de ébola desde que o primeiro paciente com o vírus letal foi detectado no país, mas não identificou novas infecções, disse hoje, 4, Thomas Frieden, director do Centro de Controle de Doencas (CDC, em inglês).

Friden reconhecer que notícia sobre o paciente com ébola em Dallas levantou alerta em hospitais de todo o país para verificar pacientes de alto risco, particularmente aqueles que recentemente viajaram aos países afectados pela epidemia na África Ocidental.

O CDC identificou nove pessoas que tiveram contacto com o paciente de Dallas e, portanto, podem ter sido expostos ao vírus, e outras 40 estão sendo monitoradas por potenciais contactos. Nenhum deles apresentou sintomas.

Recorde-se que uma pessoa com sintomas parecidos aos do ébola encontra-se em observação do Howard University Hospital, em Washington.

XS
SM
MD
LG