Links de Acesso

Austrália endurece medidas contra imigrantes ilegais


Protestos a favor da aceitação de refugiados na Austrália

Protestos a favor da aceitação de refugiados na Austrália

A Austrália quer proibir em definitivo o direito dos refugiados que chegam ilegalmente ao país de barco a solicitarem um visto, incluindo o de turismo, endurecendo ainda mais uma das políticas migratórias mais restritas do mundo.

A AFP escreve que o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, explicou, no domingo, 30, que submeterá o quanto antes ao parlamento o projecto de lei que, se for aprovado, terá efeito retroativo e será aplicado a centenas de imigrantes que estão há anos em centros de detenção.

As pessoas que alguma vez tenham tentado entrar ilegalmente na Austrália ficarão proibidas de solicitar um visto de turismo ou de trabalho para o resto da vida, indica a proposta.

Para o chefe do governo, a medida pretende para mandar "uma mensagem absoluta, inflexível e inequívoca" para os imigrantes ilegais de que a sua presença nunca será permitida no país.

Turnbull reafirmou a importância de combater os grupos criminosos que promovem a imigração ilegal.

Ele é citado pela imprensa a afirmar que “estes traficantes de pessoas são os piores criminosos que se possa imaginar. Eles têm um negócio de bilhões de dólares. Temos de ser muito determinados para dizer não a seus planos criminosos".

Há vários anos que a Austrália é famosa por aplicar uma política muito dura com os imigrantes e impede regularmente a entrada de barcos que tentam chegar às suas costas.

XS
SM
MD
LG