Links de Acesso

Austrália: Detidos jovens suspeitos de tentar se juntar a grupos militantes islâmicos


Tony Abbott, Primeiro-ministro da Austrália

Tony Abbott, Primeiro-ministro da Austrália

As autoridades detiveram sete jovens australianos, que tentavam viajar para o Oriente Médio, suspeitando que queriam se juntar a grupos militantes islâmicos, anunciou hoje o Primeiro-ministro, Tony Abbott.

A Reuters escreve que a Austrália está em alerta para ataques de muçulmanos radicais, incluindo militantes locais que retornaram da luta no Oriente Médio. O país elevou seu nível de ameaça para "alto" e realizou uma série de detençoes em grandes cidades.

Além de se proteger de ataques domésticos, as autoridades australianas aumentaram os esforços para evitar que cidadãos radicais se juntem a organizações como o Estado Islâmico, que ocupou grandes áreas do Iraque e Síria.

XS
SM
MD
LG