Links de Acesso

Aumentam queixas de consumidores do mercado da Huíla

  • Teodoro Albano

Consumidores mais conscientes dos seus direitos.

Os consumidores do mercado da Huíla estão melhor informados sobre os seus direitos, pelo menos a julgar pelas conclusões do Instituto Nacional do Consumidor.


Segundo a representante do Instituto na região Bárbara Coutinho, o número de reclamações tende a subir de ano para ano, o que indica haver entre os consumidores melhor compreensão dos seus direitos.

“Houve uma alteração positiva porque o número de reclamações aumentou e nós, por vezes, mesmo nas nossas caminhadas, nas nossas andanças, ficamos ao lado dos consumidores e a nossa tendência é sempre fazermos uma pergunta ao consumidor para saber se já conhece os seus direitos, e notámos que alguma coisa melhorou”, disse.

As reclamações de todo o tipo e provenientes de diversos lugares vão desde a prestação de serviços à venda de produtos diversificados.

De acordo com Bárbara Coutinho uma das apostas para 2014 é fazer chegar o mais longe possível a informação aos consumidores da província.

“O Inadec não pára com as acções de informação e pedagógicas, nós temos vindo a informar e até mesmo nas comunas e nos municípios porque o nosso objectivo é cosneguir o maior número de consumidores se não mesmo todos”, acrescentou.
XS
SM
MD
LG