Links de Acesso

Aumenta número de velhos abandonados, diz UNITA

  • Armando Chicoca

Secretário geral da UNITA diz que o problema se alastra a todo o país

O secretário-geral do partido do galo negro, Vitorino Nhany diz diz apreensivo com o número cada vez mais crescente da pessoas idosa no Namibe abandonados pelos próprios familiares e também desprotegidos pelos serviços do estado.




O político salienta que o cenário estende-se a quase todas províncias do país e apontou a ausência de políticas de promoção de valores e questiona a ideologia política do partido que governa o país.

“ Talvez a essência desta insensibilidade tenha a ver com a ideologia que guia o próprio partido no poder, porque a uma determinada altura, nós ficamos sem saber se o MPLA é partido da extrema-esquerda, da esquerda, do centro, do centro direita, do centro esquerda ou da estrema direita,” disse Nhany.

“Mas, pela postura do partido dos camaradas, tudo leva a crer que o MPLA é mesmo partido da extrema direita” questionou o politico da UNITA.

Para Nhany só isso pode justificar a ausência de solidariedade no país, a injustiça social, “onde meia dúzia de pessoas se enriquece com os bens do povo”.

O Secretário geral da UNITA disse que em Angola dó os sobas recebem os seus subsídios “para garantir a bandeira do MPLA na sua Embala ou então na área sob sua jurisdição”.

“Os idosos, os órfãos e as viúvas continuam entregues a sua sorte, ninguém olha por eles infelizmente,” reiterou o nº3 na hierarquia central do partido do galo negro.
XS
SM
MD
LG