Links de Acesso

Atletas africanos ganham São Silvestre de São Paulo

  • Redacção VOA

Stanley Biwott

Stanley Biwott

Stanley Biwott, do Quénia, e Yimer Wude Ayalew, da Etiópia, foram os vencedores.

Como já é tradicional, atletas do continente africano dominaram a Corrida de São Silvestre de São Paulo, aumentando ainda mais o jejum do Brasil na tradicional prova de rua.

Na 91ª edição da maior prova do mundo da categoria, disputada na manhã desta quinta-feira, Stanley Biwott, do Quénia, venceu entre os masculinos e, no feminino, a vencedor foi Yimer Wude Ayalew , da Etiópia.

Esta é a quinta edição sem vitórias de atletas brasileiros entre os homens e nove entre as mulheres.

A vitória de Ayalew, com o tempo de 54m01, foi a sua terceira na São Silvestre.

Campeã do ano passado, ela também foi primeira em 2008.

A melhor brasileira na prova foi Sueli Pereira, que acabou na quarta posição, com o tempo de 54m15.

A corrida masculina teve um fim para lá de acirrado, com uma indefinição até os últimos metros.

Entretanto, Stanley Biwott, campeão da Maratona de Nova York neste ano, só prevaleceu sobre o etíope Leul Aleme no sprint final.

Ele fez os 15 quilómetros em 44m31, contra 44m34 do adversário.

O melhor brasileiro foi Giovani dos Santos, que acabou no quinto lugar ao cruzar a linha de chegada com a marca de 44m58.

Num ano de muita instabilidade política e diversas manifestações a pedir a saída da presidente Dilma Rousseff, os participantes da São Silvestre também aproveitaram para protestar.

Foram levadas bexigas a favor da impugnação da presidente, máscaras satíricas e até bonecos do ex-presidente Lula vestido de presidiário.

Houve também manifestações contra a tragédia em Mariana, em Minas Gerais, e o aumento dos casos de dengue no país.

Confira o resultado final:

Masculino
1º- Stanley Biwott (QUE) - 44m31
2º - Leul Aleme (ETI) - 44m34
3º - Feyisa Gemechu (ETI) - 44m38
4º - Edwin Kipsang (QUE) - 44m41
5º- Giovani dos Santos (BRA) - 44m58

Feminino

XS
SM
MD
LG