Links de Acesso

Ataque suicida de britânico de 17 anos no Iraque deixa cidade natal em choque


Estado Islamico - imagem de arquivo

Estado Islamico - imagem de arquivo

Os líderes comunitários de Dewsbury, no condado de West Yorkshire, na Inglaterra, cidade natal de um adolescente tido com o mais novo britânico a participar num ataque suicida a bomba, estão incrédulos com a acção de Talha Asmal.

O vereador de Dewsbury, Masood Ahmed, disse que Talha Asmal, de 17 anos, não era diferente de outros adolescentes e que a cidade está "arrasada".

Segundo as autoridades, Talha Asmal deverá ser o homem-bomba britânico mais jovem até ao momento, que se juntou ao Estado Islâmico e a cometer um crime no Iraque.

Asmal era um dos quatro homens-bomba que se fizeram explodir numa refinaria ao sul de Baiji, no Iraque e mataram pelo menos 11 pessoas na cidade ao norte de Bagdad no Sábado.

Até então, o mais novo homem-bomba britânico era Hasib Hussein, da mesma cidade, que aos 18 anos se explodiu num autocarro como parte dos atentados terroristas de 7 de Julho de 2005 realizados no sistema de transportes públicos em Londres.

A família de Asmal disse que ele foi aliciado na internet, descrevendo o ocorrido como "uma tragédia".

XS
SM
MD
LG