Links de Acesso

Ataque a jornal em Paris, terroristas usaram armas Kalashnikov


Bombeiros transportam um ferido após o ataque ao escritório do jornal Charlie Hebdo, em Paris. 7 Janeiro 2015

Bombeiros transportam um ferido após o ataque ao escritório do jornal Charlie Hebdo, em Paris. 7 Janeiro 2015

Homens armados abriram fogo na redacção de um semanário satírico francês. François Hollande considerou ter sido um "ataque de terror" e número de vítimas tende a aumentar

Pelos menos 12 pessoas morreram após um ataque à sede de um jornal semanário francês, o satírico Charlie Hebdo.

Segundo as últimas informações, dois homens armados com Kalashnikov e um lança-rocket abriram fogo nos escritórios do jornal, fugindo depois em dois carros diferentes.

O Presidente francês, François Hollande, disse aos jornalistas que não ha dúvidas de que se tratou de um ataque terrorista e em consequência a França aumentou para o nível máximo o seu estado de alerta terrorista .

Em 2011, a redacção do jornal satírico sofreu um ataque bomba após ter publicado na sua capa uma imagem em cartoon do profeta Maomé.

Reuters

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG