Links de Acesso

Associação Mãos Livres diz haver esquadrões de morte nas cadeias

  • Manuel José

Angola,David Mendes (à esq.) e Francisco Viena (à dir.) membros da Associação de Advogados Mãos Livres, de Angola

Angola,David Mendes (à esq.) e Francisco Viena (à dir.) membros da Associação de Advogados Mãos Livres, de Angola

O presidente da associação de advogados Mãos Livres, David Mendes, reitera a denúncia feita em anteriores ocasiões e diz aguardar com pela provável reacção retaliatória das autoridades.

Falando em exclusivo a Voz da América, o advogado David Mendes reafirmou que a sua organização tem provas da existência de execuções sumarias em Angola.


"Em Angola de facto há mortes seletivas, há execuções sumarias apoiadas pelo próprio estado."

David Mendes socorre-se da denuncia que fizeram em Dezembro do ano passado sobre sete elementos encontrados mortos em Cacuaco, um deles algemado, levando a associação a acreditar ter sido a policia a executa-los. Esta denuncia valeu a associação Maos Livres, uma ameaça da policia de Luanda, da instauração de um processo de difamação e calunia.

Sete meses se passaram e a associação não recebeu nenhuma intimação a propósito, David Mendes diz saber porquê.

Se ela (Elizabeth Ranque Franque) veio a publico ameaçar, processar a associação Maos Livres, devia ter feito, não avançou porque n'os temos provas, ela dizia que perseguiam os indivíduos na autoestrada mas os indivíduos foram mortos no meio do bairro"

O conhecido como "advogado dos pobres" mantém a tese que a policia angolana possui esquadrões da morte.

"Ha indivíduos na policia nacional que praticam actos de assassinato."

David Mendes dá outros exemplos, para suportar a sua tese, o caso das Lundas e o que chama de intimidação quando o presidente da republica sai a rua.

David Mendes "O que se passa nas Lundas, vamos chamar de que? Aquilo não são mortes seletivas? Vamos dizer que não há perseguições? São questoes que não podemos deixar de colocar e exigir respostas, vai durar mas as instituições vão ter de responder, basta sair a rua e ver se as pessoas não tem medo quando o presidente da republica e o vice presidente saem a rua e ver como se apresentam de metralhadoras, o que significa isso? Qualquer reação ate involuntária você leva um tiro."

O causídico remete estas e outras questoes a Procuradoria-Geral da República que em seu entender est'a mais preocupada com situações menos importantes.

David Mendes "Hoje est'a se mais preocupado com os crimes de difamação e calunia contra os dirigentes, há uma pressão muito grande em acelerar estes processos porque? Se há casos mais importantes de homicídios por exemplo que não avançam."

Advogado da associação Mãos Livres, David Mendes que tenciona apresentar em breve mais uma queixa crime contra colaboradores do presidente da república.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG