Links de Acesso

As igrejas e a paz em Moçambique

  • Ramos Miguel

Catedral da Beira, Moçambique

Catedral da Beira, Moçambique

Em Moçambique, analistas defendem que a prevalecia da tensão política pode levar o Governo a aproximar-se da igreja, de modo a que ela comece a ter uma intervenção cada vez mais acutilante nos esforços para a busca da paz.

A Igreja Católica teve um papel fundamental nas negociações entre o Governo moçambicano e a Renamo, que culminaram na assinatura de um acordo geral de paz, em 1992, na capital italiana, Roma.

No actual diálogo político entre o Governo e a Renamo, não se pode dizer que a Igreja Católica não esteja envolvida, mas pretende-se que tenha uma intervenção mais acutilante.

Para a Igreja Católica, todas as iniciativas que possam conduzir a uma paz efectiva e duradoira em Moçambique, são bem-vindas.

Refira-se que durante o conflito armado, que terminou com a assinatura do acordo de Roma, tanto a Igreja Católica como o Conselho Cristão de Moçambique defendiam junto do governo moçambicano a política de reconciliação para com a Renamo.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG