Links de Acesso

Angola - Recuperação da Rede dos Correios

  • Agostinho Gayeta

Angola - Recuperação da Rede dos Correios

Angola - Recuperação da Rede dos Correios

Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação da república de Angola anuncia a introdução dos conceitos multifuncionais e a recuperação da rede de correios no país como novos desafios para a Empresa Nacional dos Correios e Telégrafos de Angola.

Os serviços de entrega de documentos e de diversas encomendas, através dos correios tem vindo a perder o seu espaço tradicional no território angolano. Embora algumas pessoas tenham trocado o envio físico de correspondências pelos novos recursos que as tecnologias de informação oferecem, muitos cidadãos gostariam de poder fazer uso destes serviços, mas ineficácia dos mesmos por diversos factores tem lhes dificultado.

Por esta razão o Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação da República de Angola, garantiu esta Terça-feira em Luanda que o sector dos correios e telégrafos serão revitalizados.

De acordo com José Carvalho da Rocha, que falava na cerimónia de tomada de posse dos membros do Conselho de Administração da Empresa Nacional dos Correios e Telégrafos de Angola, a prioridade para o ramo das correspondências é, além da recuperação da vasta rede por todo país, a introdução de serviços multifuncionais adequados aos desafios que o mundo moderno das telecomunicações impõe.

Isto, na opinião de Maria Luísa Alves Andrade, ora empossado no cargo de Presidente do Conselho de Administração da Empresa de Correios, significa injectar uma vasta gama de serviços e de produtos de correspondências que facilitam a troca de informação e de encomendas entre os cidadãos dos vários pontos do país.

Para o Ministro da Economia Abrão Gourgel, a modernização a que se impõe ao sector das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e a Empresa Nacional dos Correios e Telégrafos de forma particular, além de permitir maior produtividade na outras áreas da vida económica nacional, terá acima de tudo uma responsabilidade acrescida na diversificação do tecido económico e do desenvolvimento do país.

O Conselho de Administração da Empresa Nacional dos Correios e Telégrafos de Angola é liderado por Maria Luísa Alves Andrade, que será coadjuvada por Denilson da Fonseca Costa, Mateus da rocha Guimarães, Aura Simão de Andrade e André Diógenes Pereira, na qualidade de Administradores Executivos.

XS
SM
MD
LG