Links de Acesso

TAAG Decidiu Suspender Todos os Voos Com a Frota dos Boeing 777

  • Paulo Oliveira

TAAG Decidiu Suspender Todos os Voos Com a Frota dos Boeing 777

TAAG Decidiu Suspender Todos os Voos Com a Frota dos Boeing 777

A decisão foi tomada depois de o avião, que tinha recentemente aterrado de emergência no aeroporto da capital portuguesa após ter deixado cair peças em Almada, ter sofrido problemas num reactor, desta feita em Luanda, onde regressou ao aeroporto com escassos minutos de um voo que se destinava ao Dubai.

Um comunicado do Gabinete de Comunicação e Imagem da TAAG refere que por razoes de segurança e prudência, a transportadora aérea angolana decidiu suspender todos os voos com a frota 777-200 ER, e vai exigir esclarecimentos à Boeing e à General Electric, os construtores dos aviões e dos motores para apurar os factores contribuintes.

Nas ultimas semanas foram vários os incidentes com o modelo da Boeing ao serviço da TAAG, o 777 200-ER, com a queda de peças nos subúrbios de Lisboa a ser o mais grave.

Com a sucessão de incidentes a TAAG manteve os aviões de longo curso em terra durante cerca de três semanas, tendo, agora, voltado a optar pela suspensão dos voos com aqueles aparelhos, recorrendo, uma vez mais, a aviões alugados para garantir os voos programados.

A TAAG, segundo Rui Carreira, que preside à comissão de gestão da empresa, está a atravessar, citamos, o mais grave período do seu historial.

Rui Carreira sublinhou que são várias as companhias aéreas que estão a ter problemas com os motores dos 777 200-ER, o modelo que constitui toda a frota de longo curso da TAAG, detentora de três daqueles aviões.

XS
SM
MD
LG