Links de Acesso

Primeiro-ministro guineense em Luanda


Vista de Luanda

Vista de Luanda

Angola é tida pelas autoridades guineenses como um parceiro bilateral muito privilegiado nos últimos três anos, isto pelo seu pragmatismo na execução dos acordos assinados entre as partes.

Angola é tida pelas autoridades guineenses como um parceiro bilateral muito privilegiado nos últimos três anos, isto pelo seu pragmatismo na execução dos acordos assinados entres as partes.

Basta frisar que no quadro da reforma em curso nos sectores da defesa e segurança, encontram-se no país mais de uma centena de militares angolanos, composto de operacionais e especialistas em diversas áreas militares.

Ainda disfrutando destas relações, destaque para a componente económico e empresarial, com algumas entidades angolanas publico-privadas já instaladas no na Guiné-Bissau, sobretudo nos sectores mineiro e das pescas. São ganhos que Carlos Gomes Júnior vai capitalizar junto das autoridades angolanas.

Carlos Gomes Júnior é acompanhado nesta sua visita pela ministra da Economia e Integração Regional, Helena Nosolini Embalo. Ainda nesta visita de vinte e quatro horas a Angola, o chefe do governo guineense vai analisar com Luanda a questão da implementação da linha de crédito aberta a favor da Guiné-Bissau, a qual requer o cumprimento dos procedimentos financeiros e administrativos. Mas, de referir que o executivo de Angola já disponibilizou ao governo guineense 12 milhões de dólares americanos destinados ao reforço orçamental para ano 2012.

XS
SM
MD
LG