Links de Acesso

Congresso da UNITA: Gato alinha com Samakuva

  • Venâncio Rodrigues

Congresso da UNITA: Gato alinha com Samakuva

Congresso da UNITA: Gato alinha com Samakuva

Depois de ter contestado o líder do partido, Paulo Lukamba Gato diz que discurso de Samakuva foi abrangente

O general Paulo Lukamba "Gato", que, em 2002, dirigiu a comissão de gestão da UNITA criada após a morte do seu líder, Jonas Savimbi, saudou as referências à reconciliação interna feitas ontem pelo líder cessante, Isaías Samakuva, na abertura do XI Congresso de decorre na vila satélite de Viana, em Luanda.

Apontado como um dos contestatários de Isaías Samakuva, este antigo secretário-geral UNITA, disse ter tomado boa nota no discurso do presidente cessante considerando-o como sendo abrangente.

“O mais importante é que o congresso está, e agora vamos trabalhar”, declarou.

Lukamba "Gato", que havia sido derrotado por Samakuva, na sua única candidatura à liderança do partido, em 2003, precisou que durante o congresso os militantes terão a oportunidade de rever os estatutos do partido, repensar estratégias e renovar mandatos.

Ele apoiou a máxima de Samakuva de que a reconciliação nacional deve começar "dentro da própria casa", e acrescentou que o congresso foi aberto e os seus militantes vão trabalhar para que dele saiam "mais reforçados", aproveitando "a oportunidade de ouro" para ganharem as eleições de 2012.

O congresso da UNITA, que se prolonga até sexta-feira, prosseguiu quarta-feira com o trabalho por comissões devendo realizar quinta-feira a sua primeira sessão em plenária.

XS
SM
MD
LG