Links de Acesso

Casas sociais construídas em todos os municípios de Malanje

  • Isaías Soares

O governador de Malanje,Boaventura da Silva Cardoso

O governador de Malanje,Boaventura da Silva Cardoso

Identificado o terreno para a construção das casas sociais

Duzentas casas serão construídas em todos os municípios de Malanje, no âmbito do programa nacional de urbanismo e habitação.

A primeira pedra para urbanização desta capital foi lançada recentemente pelo governador Boaventura da Silva Cardoso no bairro da Catepa, onde serão erguidas 100 residências sociais.

“Exceptuando o município sede que terá um tratamento especial, no âmbito do programa de urbanismo e habitação, pois que Malanje enquanto município sede vai no âmbito do programa receber seis mil fogos”.

JAGA CB é a empresa construtora que vai construir as habitações no município sede.

O governante garantiu que cerca de uma dezena de outras imobiliárias mostraram o interesse em construir na área de expansão desta capital.

No município de Calandula, o administrador Manuel Campos confirmou que está identificado o terreno para a construção de 200 casas sociais.

“Já recebemos a empresa Eco Primu que já fez o levantamento topográfico na zona quem vai para as Quedas (Calandula) onde vão se situar-se as 200 casas no bairro Tanque. Vai ser um projecto que vai arrancar no primeiro trimestre de 2012 e vai permitir-nos acomodar os populares, vai permitir o trabalho de requalificação e principalmente os servidores públicos. Porque 200 casas, realmente é uma inovação, uma revolução habitacional que vai permitir acomodar muitas famílias em muito boas condições”.

A nova inquilina do Palácio Municipal de Malanje, Rosa André Lourenço disse que o projecto é um orgulho para os munícipes, a contemplação com seis mil fogos.

O sub-programa para a construção de 200 fogos para os 125 municípios contemplados define como metas o período 2011 – 2012.

XS
SM
MD
LG