Links de Acesso

Costa do Marfim: Mbeki Serve de Medianeiro em Situação Caótica

  • Eduardo Ferro

Costa do Marfim: Mbeki Serve de Medianeiro em Situação Caótica

Costa do Marfim: Mbeki Serve de Medianeiro em Situação Caótica

Mbeki é o enviado da União Africana e chegou hoje a Abidjan um dia depois dos dois candidatos à segunda volta das eleições presidenciais terem anunciado que tinham tomado posse.

O antigo presidente sul-africano Thabo Mbeki encontra-se na Costa do Marfim para servir de medianeiro na crescente crise política em que aquele país se encontra mergulhado.
Mbeki é o enviado da União Africana e chegou hoje a Abidjan um dia depois dos dois candidatos à segunda volta das eleições presidenciais terem anunciado que tinham tomado posse.
O presidente Laurent Gbagbo tomou posse depois do tribunal constitucional da Costa do Marfim o ter declarado vencedor com 51% dos votos. Contudo anteriormente a comissão eleitoral marfinense tinha declarado vencedor o líder da oposição Alassane Ouattara que tomou igualmente posse.
A França, os Estados Unidos, a União Europeia, a União Africana e as Nações Unidas reconheceram Ouattara como o presidente eleito da Costa do Marfim e apelara a Gbagbo para que aceitasse a derrota.
Enquanto isso, os “capacetes azuis” da ONU bloquearam, com carros blindados a entrada do hotel onde se encontra Alassane Ouatara.
O país encontra-se entretanto sob um recolher obrigatório nocturno e todas as emissões de rádio estrangeiras deixaram de ser retransmitidas pelas estações locais.
Durante a noite podiam ouvir-se trocas de tiros em Abidjan e no sábado apoiantes de Outtara desceram às ruas erigindo barricadas e queimando pneus. A vaga de violência pós-eleitoral já fez pelo menos 14 mortos.

XS
SM
MD
LG