Links de Acesso

Escritora Dya Kassembe quer preservar tradições angolanas

  • Esperança Gaspar

Mulheres Honradas e Insubmissas, de Dya Kasembe

Mulheres Honradas e Insubmissas, de Dya Kasembe

Na sua obra: “ As mulheres honradas e insubmissas de Angola”, Dya Kassembe, procura trazer à reflexão dos leitores o poder que as senhoras detêm dentro da comunidade.

Na sua obra: “ As mulheres honradas e insubmissas de Angola”, Dya Kassembe, procura trazer à reflexão dos leitores o poder que as senhoras detêm dentro da comunidade.

Dya Kassembe, cita como exemplos, Njinga Mbandi, Kimpa Vita, Lweji, Bakita, Deolinda Rodrigues, mulheres angolanas que hoje servem de modelo a muitas outras.

O livro traduzido do francês para português está disponível ao público para consulta desde o dia 19 do mês passado.

Com uma mãe não-alfabetizada, pouco se podia esperar dela, disse Dya Kassembe, que se considera uma escritora, por vocação e não por paixão. Do lápis e do papel aprendeu a poetizar. Publicando poemas e contos nos jornais da época colonial.

A autora de “ Angola, 20 anos de guerra civil e “ Uma mulher acusa” só para citar estes, falou à VOA do seu percurso até firmar-se e ser reconhecida no mercado literário nacional e internacional.

Baseando-se na região onde nasceu, Kisama, “ As mulheres honradas e insubmissas de Angola” trás alguns dos rituais angolanos que hoje vão desaparecendo tais como: enterrar o cordão umbilical do bébé e a importância da fase da puberdade na vida da mulher. Dya Kassembe, chama atenção para a preservação dos hábitos e costumes de um povo.

Dya Kassembe, disse olhar hoje para a mulher Angolana, com muita preocupação porque, segundo a escritora muitas, estão a perder os seus valores culturais.

De acordo com Dya Kassembe, para ser-se escritora não basta publicar uma única obra literária. É preciso olhar para a qualidade e quantidade das obras publicadas, o que muitas vezes não acontece em Angola.

Com vários livros publicados, um romance, um livro de factos históricos e dois ensaios, Dya Kassembe, disse já ter adquirido o estatuto de escritora só pela quantidade de livros publicados.

XS
SM
MD
LG