Links de Acesso

Liga Árabe aprova sanções contra a Síria


Sem voz. A Siria boicotou a reunião da Liga Árabe. O seu lugar permaneceu vazio

Sem voz. A Siria boicotou a reunião da Liga Árabe. O seu lugar permaneceu vazio

Damasco acusa países árabes de "traição"

A Liga Árabe aprovou sanções sem precedente contra a Siria em resposta à repressão do governo sírio contra manifestantes.

O ministro dos negócios estrangeiros do Qatar, Hamas bin Jassim, disse a jornalistas no Cairo que 19 dos 22 membros da Liga Árabe aprovaram as sanções

.O Líbano votou contra e o Iraque absteve-se. A Síria não se fez representar.

Entre as medidas aprovadas conta-se a suspensão de transacções com o banco central da Siria, a imposição de uma proibição a viagens de destacadas entidades sirias e a suspensão de investimentos em projectos na Síria.

A aprovação das sanções constitui um golpe duro para o governo sirio que sempre se orgulhou de ser um bastião do nacionalismo Árabe.


A agência de notícias Associate Press disse que Damasco protestou contra a decisão descrevendo-a como um acto de traição.

As sanções da Liga Árabe foram propostas depois da Síria se ter recusado a aceitar um prazo para permitir a entrada de observadores da organização para monitorizarem a resposta do governo á revolta

XS
SM
MD
LG