Links de Acesso

Moçambique: Caso Mozal sem fim a vista


Moçambique: Caso Mozal sem fim a vista

Moçambique: Caso Mozal sem fim a vista

A decisão do Tribunal Administrativo que autoriza a Mozal a continuar a expelir fumos alegadamente tóxicos vai a apreciação dos juízes

Washington, 26 Nov – A directora da ONG moçambicana Justiça Ambiental, Anabela Lemos disse que vai interpor recurso à decisão do Tribunal Administrativo que autoriza a Mozal a expelir fumos alegadamente nocivos à respiração humana, para atmosfera.

O Tribunal Administrativo da cidade do Maputo indeferiu a providência cautelar para a suspensão da emissão de fumos directamente para a atmosfera feita pela multinacional Mozal.

A acção havia sido interposta por uma coligação de organizações não governamentais e ambientalistas moçambicanas que vão agora recorrer da decisão.

Ouça a reacção de Anabela Lemos à Voz da América em Mp3...

XS
SM
MD
LG