Links de Acesso

Angola: Aceitam-se candidaturas à presidência da UNITA

  • Venâncio Rodrigues

Dirigentes históricos da UNITA, numa conferência de Imprensa em Luanda. Da esquerda para a direita estão Abel Chivukuvuku, Samuel Chiwale, Paulo Lukamba Paulo, Jose Quissanga e Carlos Tiago Kandanda

Dirigentes históricos da UNITA, numa conferência de Imprensa em Luanda. Da esquerda para a direita estão Abel Chivukuvuku, Samuel Chiwale, Paulo Lukamba Paulo, Jose Quissanga e Carlos Tiago Kandanda

Os interessados devem formalizar as suas candidaturas à liderança partidária a partir do dia 25 até 30 do mês em curso.

Em Angola o principal partido da oposição, UNITA, convidou hoje todos os interessados a formalizarem as suas candidaturas à liderança partidária a partir do dia 25 até 30 do mês em curso.

Num comunicado de imprensa, a que a "Voz da América" teve a acesso, a Comissão Eleitoral ao XI Congresso da UNITA precisa que o acto de formalização das candidaturas será no edifício do Secretariado Provincial de Luanda, ao bairro São Paulo, em Luanda.

Oficialmente, não se conhecem os nomes dos potenciais candidatos ao cadeirão máximo desta formação política depois da já conhecida candidatura, à sua própria sucessão, do actual presidente, Isaías Samakuva.

Samakuva anunciou a sua intenção de concorrer para mais um mandato por altura do surgimento do chamado movimento de reflexão que pretendia o sua substituição durante o congresso previsto para o mês de Dezembro.

Informações disponíveis dão como certa a indisponibilidade de Abel Chivukuvuku, até então tido como um dos principais aspirantes à liderança da UNITA. Depois da sanção partidária a que foi castigado em Setembro último, entretanto suspensa, Chivukuvuku tinha anunciado que em momento próprio iria apresentar ao país o seu programa político, o que ainda não aconteceu.

O deputado Lukamba Gato, que, tal como Chivukuvuku, tinha sido derrotado por Samakuva, num dos congressos realizados, também não tem manifestado qualquer interesse no cargo mostrando-se mais ocupado com a sua actividade empresarial.

Nos últimos dias tem circulado, na imprensa “on line”, o nome do um antigo responsável da inteligência da UNITA, Estévão José Pedro

XS
SM
MD
LG