Links de Acesso

Egipto: Militares prometem eleições para Julho

  • Eduardo Ferro

Egipto: Militares prometem eleições para Julho

Egipto: Militares prometem eleições para Julho

Dezenas de milhar de manifestantes continuam concentrados na praça principal do Cairo exigindo a entrega do poder aos civis.

No Egipto, os líderes militares prometeram realizar eleições no próximo mês de Julho, no momento em que dezenas de milhar de pessoas continuam concentradas na Praça Tahrir no centro do Cairo.

Os manifestantes exigem pelo quarto dia consecutivo que os líderes militares cedam o poder a um regime civil.

Ao fim da tarde, no momento em que a multidão continuava a afluir à praça principal da capital egípcia, o líder militar marechal Mohamed Twari aparecia nos ecrãs da televisão nacional anunciando eleições no próximo mês de Julho e prometendo o afastamento dos militares da cena politica.

Aceitou igualmente o pedido de demissão do governo chefiado pelo primeiro-ministro Essam Sharaf uma das exigências de oposição civil.

Durante o dia dezenas de milhar de manifestantes desfilaram pelas ruas do Cairo empunhando bandeiras nacionais e entoando palavras de ordem contra o actual governo.

Um grupo de manifestantes transportava um caixão contendo, segundo eles, os restos mortais de uma pesoa morta nos desfiles.

Tratam-se das maiores manifestações no Egipto desde Fevereiro quando protestos anti-governamentais se saldaram pelo afastaemnto do ex-presidente Hosni Mubarak.

A situação na Praça Tahrir continua entretanto tensa com confrontos esporádicos entre os manifestantes e a polícia.

Fontes oficiais afirmaram que pelo menos 29 pessoas morreram nos confrontos dos últimos 4 dias.

Por outro lado, 3 jovens estudantes americanos foram hoje detidos junto ao local das manifestações desconhecendo-se para já mais pormenores sobre as circunstâncias que envolveram as detenções.

XS
SM
MD
LG