Links de Acesso

Dirigentes da FNLA abandonam o partido

  • Agostinho Gayeta

Holden Roberto, fundador da FNLA

Holden Roberto, fundador da FNLA

Cinco membros da direcção da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) desistiram da caminhada nesta força política angolana e juntaram-se oficialmente a partir desta Quarta-feira, à Coligação de partidos políticos Nova Democracia União Eleitoral.

Cinco membros da direcção da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) desistiram da caminhada nesta força política angolana e juntaram-se oficialmente a partir desta Quarta-feira, à Coligação de partidos políticos Nova Democracia União Eleitoral.

A decisão destes cinco membros do partido histórico de Angola pela ala liderada por Lucas Bengui Ngonda, é resultante de uma reflexão séria sobre a decadência do prestígio e do projecto político da FNLA, segundo fez saber Laíz Eduardo antigo responsável pela área de Imprensa e comunicação social;

Laíz Eduardo frisou ainda que as conquistas alcançadas pelos militantes deste partido durante os seus mais de cinquenta anos de existência, tem sido postas em causa por um grupo de dirigentes bem identificados da FNLA;

Com Laíz Eduardo aderiram às fileiras da Nova Democracia João Castro Fridom, Silvestre Damião, Sirdes Mouzinho e Miguel Alberto.

Contactado por via telefónica pela Voz da América em Luanda para reagir a esta atitude dos militantes do seu partido, Lucas Ngonda que não aceitou gravar a entrevista, disse não ter qualquer comentário a respeito, a luz do principio da liberdade de escolha que cada membro do seu partido enquanto cidadão angolano tem o direito de exercer;

Quintino Moreira, dirigente do Movimento para Democracia de Angola_MPDA, um dos partidos membros da coligação Nova Democracia União Eleitoral, que tem dois deputados na assembleia nacional, salientou que consta dos seus ficheiros o registo de mais de dois mil novos militantes que abandonaram os seus partidos para se juntarem ao projecto político da Nova Democracia;

A Coligação de partidos Nova Democracia União Eleitoral é composta por seis partidos políticos, nomeadamente o MPDA, PSIA, PSL, UAPDD, UND e ANIA.

Os cinco novos integrantes, segundo sabe a Voz da América em Luanda vão se incorporar no MPDA, partido liderado por Quintino Moreira e deverão ocupar funções de destaque na Nova Democracia União Eleitoral.

Esta desistência de membros da direcção da FNLA pela ala dirigida por Lucas Ngonda acontece numa altura em que a ala liderada por Ngola Kabango está a preparar o seu IV congresso ordinário, que estava previsto para os dias 22, 23 e 25 do mês em curso, mas que por razões técnicas foi adiado para os 20, 21 e 22 de Dezembro.

XS
SM
MD
LG