Links de Acesso

George W. Bush Lança Livro de Memórias


George W. Bush Lança Livro de Memórias

George W. Bush Lança Livro de Memórias

O ex-Presidente George W.Bush foi entrevistado esta semana no programa “Today”, da cadeia televisiva NBC, no show de Oprah Winfrey e nos canais da Fox News.

Bush publicou uma gravação vídeo em que explica as razões que o levaram a escrever o livro:

“Desejava partilhar com os leitores a minha visão da presidência, o que me levou a pôr em foco os aspectos mais exigentes do cargo, tomar decisões.”

As decisões datam do período antes de George Bush assumir a presidência, antes até de se tornar governador do Estado do Texas, até meados dos anos 80, quando deixou de beber com a ajuda da religião, tal como afirma na sua obra. George Bush escreve acerca da forma como respondeu aos ataques terroristas de 2001 aos Estados Unidos, quando teve que tomar a mais difícil decisão que qualquer presidente possa tomar, colocar as forças armadas nacionais em pé de guerra:

“Discuti as decisões da segurança do nosso país, os sucessos e reveses das nossas forças armadas em campo de batalha.”

O ex-presidente americano disse que ficou, nas suas palavras, cego ao olhar para as fotografias dos abusos cometidos pelos militares americanos no centro de detenção de Abu Ghraib, no Iraque e chocado também quando não foram encontradas as armas de destruição em massa no solo iraquiano.

George Bush disse que o vice-presidente Dick Cheney pediu então a sua demissão. Mas Bush disse que o ponto mais baixo da sua presidência foi aquando da tempestade na Florida, quando os músicos “hip-hop” começaram a cantar que George Bush não se interessava pelos negros, disse que continua a sentir-se profundamente magoado quando imagina que muitos americanos de todos os matizes políticos têm uma visão negativa da sua pessoa e da sua administração.

Doug Wead, que foi conselheiro do ex-presidente americano até a sua eleição em 2000, disse que George Bush não gosta destas críticas:

Mais do que qualquer pessoa Bush não consegue livrar-se das críticas negativas a sua pessoa, sente-as de uma forma profunda…

O historiador Robert Dallek que escreveu extensamente acerca dos líderes americanos desde o fim da Segunda Guerra Mundial, diz esperar muito pouco que haja uma novidade no livro de George W. Bush:

“Quanto à administração de George Bush, em particular, tendo sido severamente criticada pelos americanos, por essa razão, o facto de ele ter produzido uma obra em sua defesa dois anos apenas depois de abandonar a presidência não me surpreendem muito”.

Aquele historiador afirma que a melhor imagem da administração de George W.Bush não irá surgir até que os historiadores examinem mais de perto os arquivos da sua presidência.

XS
SM
MD
LG