Links de Acesso

UNITA decide não castigar dissidentes


Dirigentes históricos da UNITA, numa conferência de Imprensa em Luanda, pressionam o líder do partido, Isaías Samakuva, a dar passos para a marcação de um Congresso. Da esquerda para a direita estão Abel Chivukuvuku, Samuel Chiwale, Paulo Lukamba Paulo, J

Dirigentes históricos da UNITA, numa conferência de Imprensa em Luanda, pressionam o líder do partido, Isaías Samakuva, a dar passos para a marcação de um Congresso. Da esquerda para a direita estão Abel Chivukuvuku, Samuel Chiwale, Paulo Lukamba Paulo, J

Membros da Comissão Política alvo de processo disciplinar, entretanto arquivado, têm "todos os seus direitos", diz Ernesto Mulato

A UNITA decidiu arquivar o processo disciplinar que havia sido instaurado contra altos dirigentes deste partido designadamente, Abel Chivukuvuku, Paulo Lukamba Gato, Samuel Chiwale e Carlos Morgado.

A decisão que foi tomada no final de uma reunião da sua Comissão Permanente, que anulou, com efeito, a suspensão dos visados da actividade partidária que havia sido proposta por uma comissão disciplinar aquando da reunião de cúpula da UNITA realizada em Setembro na cidade do Huambo.

Participando no programa da Voz da América Angola Fala Só, o vice-presidente da UNITA Ernesto Mulato, afirmou que os referidos dirigentes estão no gozo de "todos os seus direitos" e podem candidatar-se a quaisquer orgãos do partido, incluindo a presidência.

Descreveu ainda como "um equívoco" o facto de se ter anunciado que os dirigentes sob inquérito estavam suspensos, afirmando que não foi esse o caso.

Um comunicado da Comissão Permanente da UNITA diz que "o Conselho Nacional de Jurisdição decidiu para alguns membros expulsão, para outros repreensão e o arquivamento de alguns processos."

Mas, justificando o arquivamento, a comunidade adianta:

"- Considerando os desafios relevantes colocados à sociedade angolana, presentes e futuros, mormente o da Reconciliação Nacional e o da criação de uma Pátria para todos;

- Considerando a experiência política adquirida pela UNITA desde a sua fundação até aos nossos dias, percurso fundamentado no respeito pelos seus princípios e valores, tais como a democracia, a justiça social e a solidariedade, assentes nas tradições da africanidade;

- Considerando o significado histórico da realização do XI Congresso da UNITA, a ter lugar em lugar em Luanda de 13 a 16 de Dezembro de 2011, sob o lema “Unir Angola para a mudança em 2012”;

Após aturada reflexão, o Comité Permanente da Comissão Política da UNITA tomou a seguinte deliberação: Mandar arquivar o processo disciplinar instruído pelo Conselho Nacional de Jurisdição.

Nestes termos todos os abrangidos são membros do Partido em pleno direito."

A Comissão Permanente da UNITA decidiu ainda tomar uma posição, nos próximos dias, sobre o debate `a volta do processo eleitoral que considera como sendo muito preocupante.

XS
SM
MD
LG