Links de Acesso

EUA: Republicanos controlam apenas a Câmara dos Representantes


EUA: Republicanos controlam apenas a Câmara dos Representantes

EUA: Republicanos controlam apenas a Câmara dos Representantes

A vitória dos Republicanos nao foi suficente para lhes assegurar o controlo das duas Câmaras do Congresso.

Os Republicanos ganharam mais de 50 lugares adicionais na Câmara dos Representantes o que lhes confere assim o controlo e a maioria nesta ala do Congresso.

A vitória Republicana não foi no entanto suficiente no Senado onde precisavam de pelo menos 10 novos lugares para assegurar o seu controlo. A seguir uma reportagem de Mike O'Sullivan da VOA em Los Angeles.

>>>

O Republicano Rand Paul, filho do antigo candidato as presidenciais, Ron Paul derrotou o Democrata Jack Conway nas eleições para o Senado no Estado do Kentucky.

Dirigindo-se aos apoiantes na ocasião do anúncio de sua vitória, Paul disse que a sua eleição é portadora de uma mensagem.

“Uma mensagem em voz alta e clara e sem pretensões. Estamos de volta para assumir de novo o governo.”

Os Republicanos que basearam a sua campanha na redução dos impostos e contracção do governo federal, ganharam mandatos por todo o país. Eles prometeram trabalhar para travar os gastos federais e travar a lei de reforma do sistema de saúde do presidente Barack Obama.

O Partido Republicano conquistou mandatos ao nível do Senado, incluindo no Estado do Illinois, onde o seu membro Mark Kirk obteve o mandato outrora do presidente Barack Obama.

Os Democratas resistiram contudo num número reduzido de Estados. Na Califórnia a Senadora Barbara Boxer que soma três mandatos, está em vias de ser reeleita perante a sua adversaria Republicana Carly Fiorina, antiga administradora da Hewlett-Packard, isto de acordo com as projecções. Ainda na Califórnia o Democrata Jerry Brown devera reassumir o cargo de governador estadual cerca de 30 anos depois, ao derrotar o antigo director executivo da eBay, o Republicano Meg Whitman.

Os Republicanos ganharam pelo menos 10 mandatos de governadores estaduais, incluindo os Estados da Pensilvânia, Ohio, e Novo México.

No Nevada, o líder dos Democratas no Senado, Harry Reid resistiu a Republicana Sharron Angle, uma favorita dos conservadores do movimento Tea Party. Reid, um antigo pugilista amador diz que há muito que se vem envolvido em duros combates.

“Tem sido na rua, no ringue e no Senado. Mas tenho de reconhecer que foi um dos mais duros. Mas não é nada se comparado com a luta que as famílias estão a enfrentar actualmente por todo o Estado do Nevada.”

A taxa de desemprego no Nevada é superior aos 14 por cento e é a maior de todo o país.

No Delaware, a favorita do Tea Party Christine O’Donnell falhou a sua tentativa de ocupar o lugar ocupado em tempo no Senado pelo actual vice-presidente Joe Biden. O Democrata Chris Coons ganhou esse mandato.

O Congressista e Republicano John Boehner é dado como o novo líder da maioria na Câmara dos Representantes e ele devera substituir a Democrata Nancy Pelosi. Boehner dizia falar em nome do povo.

“Enquanto a nossa nova maioria servir como a voz do povo, devemos lembrar, que é o presidente quem define a agenda do governo. O povo americano enviou-lhe esta noite uma clara mensagem, e essa mensagem é: ‘mude de rumo’.”

O presidente Barack Obama já telefonou ao Boehner para lhe felicitar pela vitória dos Republicanos, e prometeu tentar encontrar um terreno comum de entendimento.

Normalmente o partido do presidente perde nas eleições intercalares e neste caso das de ontem, muitos Democratas já contavam com a derrota, por causa da crise económica.

O Senador Republicano Marco Rubio que acaba de ganhar o seu terceiro mandato consecutivo pelo Estado da Florida, pediu aos membros do seu partido para não se iludirem com os resultados. Rubio disse que seria um grande erro acreditar que os resultados eleitorais da noite passada fossem recebidos como uma aceitação do Partido Republicano.

XS
SM
MD
LG