Links de Acesso

Procuradoria angolana não investiga denúncias de corrupção a alto nível

  • Alexandre Neto

Procuradoria angolana não investiga denúncias de corrupção a alto nível

Procuradoria angolana não investiga denúncias de corrupção a alto nível

Queixa por desvio de dinheiros públicos contra Presidente da República foi apresentada pelo advogado David Mendes



A Procuradoria da República não dá sinais de que avançará com investigações sobre as denúncias feitas pelo advogado e presidente do PP, David Mendes, contra três titulares de cargos públicos, incluindo José Eduardo dos Santos, presidente de Angola.

Nós esperávamos no mínimo que já houvesse um processo, ainda que fosse um processo de inquérito, porque sempre que se apresenta uma queixa e de acordo com aquilo que sabemos do nosso ritual, de imediato abre-se um processo e a partir da abertura desse processo se vai ouvindo as partes, vai-se recolhendo informações, para que o processo dê seguimento…” disse David Mendes.

António Kaprakata é advogado de profissão. Ele destaca o papel da procuradoria enquanto órgão garante da legalidade e descreve aqui o que a justiça devia fazer!

Se há uma denúncia, há uma informação apresentada na procuradoria, que determinado dirigente ou órgão, deu destino diferente dos bens do Estado, esta informação é a denúncia e é suficiente para o procurador agir imediatamente”.

O jurista diz ainda não existirem prazos fixados para a instrução do referido processo.

Lembro que o PP - Partido Popular enquanto autor da carta-denúncia predispôs-se como assistente nos autos.

Nesta terça-feira, funcionários do gabinete do Procurador Geral para onde se deslocou a nossa reportagem, não davam explicações satisfatórias.

Às perguntas que eram colocadas pelos jornalistas respondiam com silêncio e em olhares incrédulos pelo atrevimento!

Fátima, o único nome possível de vislumbrar no passe de identificação da escrivã da área do Expediente, limitou-se a adiantar que não sabia do assunto enquanto nos pedia que voltássemos para o gabinete do director do procurador. Respondia nervosa.

XS
SM
MD
LG