Links de Acesso

Moçambique contra comissão de direitos humanos da Comunidade Britânica


Moçambique contra comissão de direitos humanos da Comunidade Britânica

Moçambique contra comissão de direitos humanos da Comunidade Britânica

Segundo o presidente moçambicano, Armando Guebuza, a proposta não faz sentido devido a sobreposição de organismos idênticos a nível internacional.

Moçambique esteve entre os países que rejeitaram a proposta de criação de uma Comissão dos Direitos Humanos da Comunidade Britânica.

Segundo o presidente moçambicano, Armando Guebuza, a proposta não faz sentido devido a sobreposição de organismos idênticos a nível internacional.

A sugestão foi apresentada por um grupo de destacadas figuras da organização, mas não encontrou consenso entre os Estados asiáticos e africanos, incluindo Moçambique, que a recusaram, enquanto países como Austrália, Canadá e Grã-Bretanha defendem a proposta.

Em declarações aos jornalistas, o presidente moçambicano, Armando Guebuza, disse "não fazer sentido" a criação de uma entidade responsável pela fiscalização de violação dos direitos humanos, porque "há muitos organismos relacionados com os direitos humanos" dentro da organização.

"Não faz sentido que tenhamos outra comissão que trate da mesma situação", aliás, "situações dessa natureza também podem ser tratadas ao nível do Secretariado da Commonwealth", justificou Armando Guebuza.

O Simeão Pongoane deslocou-se a Perth na Austrália para acompanhar a cimeira da Commonwealth e enviou-nos mais pormenores.

XS
SM
MD
LG