Links de Acesso

Como É Que Conseguiu Ser Tão Rico?

  • Paulo Faria

Como É Que Conseguiu Ser Tão Rico?

Como É Que Conseguiu Ser Tão Rico?

Os números do último censo populacional dos Estados Unidos mostram um fosso sem precedentes entre americanos ricos e pobres. Esses números estão a causar preocupação entre os assistentes sociais, já que essa disparidade pode ter um impacto sobre o bem-estar no seu todo da sociedade americana.

“Como é que conseguiu ser tão Rico?” é o nome de um programa de televisão apresentado pela comediante Joan Rivers, que mostra como é que alguns americanos conseguiram ficar ricos e o que tem feito com ela.

“Nem uma pessoa das pessoas que entrevistamos se queixou. Essas pessoas não dizem, coitadinho de mim, é a recessão e não posso fazer nada.”

Não há programas, contudo, chamados, “Como é que consegue ser tão Pobre?” Apenas estatísticas.

Os últimos números do censo populacional dos Estados Unidos indicam que o numero de americanos vivendo na pobreza e o mais alto em mais de meio século. Ao mesmo tempo, o censo indica que o fosse entre ricos e pobres nos Estados Unidos tem-se vindo a alargar nos últimos anos, alcançando a sua maior disparidade em 2009.

Economistas dizem que a recessão está entre as razões para o aumento das pessoas pobres. O director do Centro Nacional para a Lei e Justiça Económica, Henry Freedman, afirma que outra das razões é a erosão da classe média.

“A eliminação da maioria dos trabalhos que as pessoas podiam obter em fábricas já que elas deixaram de existir. Outros tipos de trabalho de escritório que estão a ser transferidos para o estrangeiro ou a serem substituídos por tecnologia. Essas pessoas estão a competir com pessoas abaixo delas por postos de trabalho.”

O professor da Universidade de Nova York, Robert Hawkins, afirma que as pessoas em áreas empobrecidas não têm algumas das oportunidades fundamentais desfrutadas pelos ricos.

“O que temos lá são pessoas que não tiveram ou não tem oportunidades. Por isso elas não tem acesso a educação e, assim. O que é que acontece? Não conseguem arranjar emprego.”

O professor Hawkins afirma que essas pessoas apanhadas pela pobreza não podem contar com amigos ou vizinhos igualmente pobres por oportunidades, porque não as possuem. Isso acrescentou, cria um ciclo vicioso de crime, gravidez juvenil, doenças crónicas e morte precoce.

Hawkins acrescentou que a erosão da classe média pode afectar a qualidade das pessoas que a classe média tem tradicionalmente produzido para ensinar, estar ao serviço da lei, cuidar dos doentes e esses serviços beneficiam também os ricos.

O professor disse que os ricos tem cada vez mais influência política na América, não porque estejam a aproveitar-se do sistema, mas sim porque os pobres não a usam para tirar vantagens.

Hawkins afirmou que a educação e a saúde são assuntos que necessitam de ser tomados em conta para ajudar os pobres a longo prazo. O que é necessário imediatamente, disse, é renovar os gastos tanto por ricos como por pobres, porque o dinheiro em circulação e que ajuda a criar empregos.

Mas o problema é que os pobres não têm nada para gastar e os ricos têm de ultrapassar os receios de incerteza económica causada pela recessão económica global.

XS
SM
MD
LG