Links de Acesso

ONU faz 66 anos com novos desafios pela frente

  • Eduardo Ferro

ONU faz 66 anos com novos desafios pela frente

ONU faz 66 anos com novos desafios pela frente

Em 2011 os objectivos mantêm-se, mas, os tempos mudaram pondo em destaque a capacidade de adaptação da ONU a novos desafios.

A Organização das Nações Unidas, ONU, assinala neste mês de Outubro o sexagésimo sexto aniversário da sua criação.

Objectivos: manter a paz mundial, proteger os direitos humanos, promover o desenvolvimento económico e social, estimular a autonomia dos povos dependentes e reforçar os laços entre todos os estados soberanos.

Em 2001 os objectivos mantêm-se, mas, os tempos mudaram pondo em destaque a capacidade de adaptação da ONU a novos desafios.

As Nações Unidas foram oficialmente fundadas a 24 de Outubro de 1945, em São Francisco na Califórnia, por 51 países logo a seguir ao termo da segunda guerra mundial.

A primeira Assembleia Geral realizou-se a 10 de Janeiro do ano seguinte em Londres, mas, a organização ficou sedeada na cidade americana de Nova Iorque.

A precursora das Nações Unidas foi a Sociedade das Nações, uma organização concebida em circunstâncias semelhantes durante a primeira guerra mundial e estabelecida em 1919 em conformidade com o Tratado de Versalhes,”para promover a cooperação internacional e conseguir a paz e a segurança”.

Actualmente as Nações Unidas têm 192 estados membros. A organização tem por objectivos manter a paz mundial, proteger os direitos humanos, promover o desenvolvimento económico e social, estimular a autonomia dos povos dependentes e reforçar os laços entre todos os estados soberanos.

O antigo ministro dos negócios estrangeiros português e ex-representante permanente de Portugal junto das Nações Unidas, embaixador António Monteiro recordou`à "Voz da América" as circunstâncias que levaram à génese da ONU.

António Monteiro, um diplomata português que conhece as Naçõs Unidas como a palma da sua mão chegando a presidir ao Conselho de Segurança durante os dois anos em que representou Portugal naquele organismo vital da ONU.

Apesar dos objectivos continuarem fiéis à carta da constituição da organização , não foi preciso esperar muitos anos para se perceber que as Nações Unidas tinham que demonstrar uma grande capacidade de adaptação para fazer frente a um Mundo em rápida mudança tal como aconteceu com a formação dos dois blocos que levaram a décadas de confrontação Leste-Oeste.Salientou o diplomata português António Monteiro recordando as circunstâncias que levaram à criação das Nações Unidas há 66 anos.

Amanhã, no prosseguimento da nossa série sobre o sexagésimo sexto aniversário da ONU falaremos da participação da organização nas operações de manutenção da paz através do Mundo.

XS
SM
MD
LG