Links de Acesso

ONU: Instituições guineenses sem capacidade para combater droga e crime


Barris com cocaina

Barris com cocaina

"Verdade núa e crua" aponta insuficiencias a todos os níveis

O gabinete das Nações Unidas de combate á droga e crime organizado, ONUDC, apresentou hoje o relatório-diagnóstico sobre as necessidades de formação específica das agências policiais e dos ministério da Justiça Defesa e do Interior.

O documento aponte enormes insuficiencias em todos os sectores relacionados com o combate ao crime e foi descrito por Manuel de Almeida Pereira como "a verdade núa e crua".

Durante apresentação do documento uma das consultoras disse que os serviços da Guarda Fronteiras da Guiné-Bissau, que na sua opinião é uma estrutura importante no combate ao tráfico de droga e seres humanos, não dispõe de quaisquer meios para impedir ou atenuar tais fenómenos.

A consultora disse que os memberos daquelas instituição têm vontade, mas não dispõe de quase nada, desde as instalações até materiais de funcionamento.

O novo Ministro do Interior, Fernando Gomes, presente no acto cujo pelouro foi um dos pontos de Estudo e com sinais de funcionamento algo sombrio, disse que o relatório trata-se de um relatório que vai ajudar o Governo na execução da sua política de lidar com os problemas existentes nos respectivos ministérios.

Ouça a reportagem com declarações de alguns dos autores do relatório

XS
SM
MD
LG