Links de Acesso

ENTREVISTA VOA: Pedro Pires faz contas à vida depois do galardão


Pedro Pires, na Cimeira da União Africana, em Julho passado.

Pedro Pires, na Cimeira da União Africana, em Julho passado.

Prémio Mo Ibrahim muda os planos do antigo presidente de Cabo-Verde que diz esperar por novas missões

Pedro Pires reage ao Prémio Mo Ibrahim

O antigo presidente de Cabo-Verde foi galardoado pela Fundação do multi-milionário sudanês Mo Ibrahim, que recompensa os chefe de Estados africanos que deixaram o poder de forma democrática e pacífica.

Há dois anos que o Prémio Mo Ibrahim da boa governação não era atribuido por falta de candidatos que preenchessem os requisitos impostos pelo júri.

A decisão de atribuir o prémio deste ano ao presidente cabo-verdiano foi tomada em Londres na ultima reuniao do júri realizada no Domigo último.

O nome de Pedro Pires acabou por fazer o consenso numa lista em que estavam vários outros candidatos entre eles John Kufuor do Ghana, Fradique de Menezes de São Tomé e Príncipe.

Os 5 milhões de dólares do prémio representam antes de tudo um tributo a aqueles que durante o periodo que tiveram em mãos os destinos dos seus países souberam geriram com parcimonia, justiça e transparencia os bens públicos.

A Voz da América falou com o antigo presidente Cabo-verdiano para saber o que muda na sua vida com o prémio, e quais serão as suas atribuições no futuro.

Ouça o segmento sonoro no início desta página...

XS
SM
MD
LG