Links de Acesso

Polícia tenta controlar criminalidade em Malanje


Polícia tenta controlar criminalidade em Malanje

Polícia tenta controlar criminalidade em Malanje

Detidos seis estrangeiros ilegais da República Democrática do Congo

A Polícia Nacional em Malanje desmantelou recentemente no bairro da Carreira de Tiro, sede da província e na comuna do Cota, município de Calandula dois grupos de marginais que efectuavam assaltos à mão armada e roubos de gados suíno e caprino.

Pelo menos oito indivíduos foram detidos e uma arma de fogo do tipo AKM recuperada durante duas micro-operações nas referidas localidades que permitiram destroçar os integrantes da congregação criminosa “Os Perdidos” e outra sem qualquer identificação.

O porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, intendente Lindo Ngola, que confirmou quinta-feira à noite o registo de 20 crimes de natureza diversa, notabilizados por um homicídio voluntário, violação de uma senhora de 35 anos, nove ofensas corporais, entre elas quatro graves, tentativa de violação, burla, desobediência contra agente da autoridade, dano materiais e um delito contra a saúde pública, considerou que os mesmos foram esclarecidos na ordem de 90 por cento de operatividade.

“Na localidade Katepeta, município de Cangandala, na via pública cerca das 14 horas do dia dois de Outubro de 2011, registou-se um crime de homicídio voluntário com objecto cortante (caco de garrafa) praticado pelo cidadão detido Leonardo Justo Xandola, suposto demente, solteiro, 19 anos de idade, desocupado em que foi vitima o cidadão em que em vida se chamou António Correia, solteiro, 18 anos, desocupado”.

Seis estrangeiros ilegais da República Democrática do Congo, entre eles três mulheres foram detidos no posto policial de Xandel, município do Quela, enquanto outros quatro do sexo masculino do referido país por violarem a fronteira conjunta com Angola, em Malanje.

Oficial da Polícia angolana precisou que quatro mortes, seis feridos e estragos materiais em viaturas avaliadas em mais de um milhão e 600 mil kwanzas, foram em consequência de acidentes de viação ocorridos nas estradas dos municípios de Malanje, Cacuso e Caculama.

À conta do Estado nesta província entraram cerca de 200 mil kwanzas da cobrança de 16 multas por violação de vários pressupostos do código de estrada.

A deficiente iluminação pública, consumo exagerado de bebidas alcoólicas, não reconhecimento das regras de estrada, sinalização precária, buraco nas estradas continuam a serem as causas para os acidentes de viação aqui em Malanje.

XS
SM
MD
LG