Links de Acesso

Malange: População de Quirima sem água

  • Isaías Soares

Centro de tratamento de água de Cangandala que está avariado

Autoridades prometem resolução do problema

As populações do município de Quirima, 410 quilómetros a sul de Malanje, clamam por água potável e energia eléctrica.

As mulheres percorrem mais de uma dezena de quilómetros para encontrarem água potável.

O administrador municipal de Quirima, Daniel Lopes reconhece a carência da água na região e garantiu que há esforços por parte das autoridades governamentais a província de Malanje para solucionar a questão.

"Já temos um furo feito só faltam os paineis solares para poder dar água à população e não é só este furo, teremos mais furos, já programamos quatro,” disse Daniel Lopes.

É intenção da Administração Municipal de Quirima abrir mais furos, mas o orçamento não é suficiente para a aconcretização do programa para já.

Espera-se que no primeiro e segundo trimestre de 2012, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (Pip) a localidade conformada pelas comunas sede e de Sautar terá água potável para as populações.

Em relação ao fornecimento de energia eléctrica à sede municipal, Daniel Lopes disse que parte do material já se encontra na região e uma empresa foi seleccionada para materializar o processo de ligações domiciliárias.

As populações do município de Quirima são maioritariamente camponesas, dedicam-se ao cultivo de milho, feijão, batata-doce e rena, mandioca e outras culturas, assim como à caça e pesca artesanais.

XS
SM
MD
LG