Links de Acesso

Dhlakama: Acordos de paz em Moçambique não deram resultados esperados

  • Faizal Ibramugy

Renamo, logo

Renamo, logo

Líder da Renamo disse que os resultados alcançados durante 19 anos de paz não são os mesmos que esperava quando decidiu assinar os acordos de paz.

O líder da Renamo disse que os resultados alcançados durante 19 anos de paz não são os mesmos que esperava quando decidiu assinar os acordos de paz.

Para Dhlakama, “a paz verdadeira, a democracia esperada, as eleições livres, justas e transparentes que se pretendiam, as economias do mercado e a sua distribuição para os moçambicanos que se esperava, os direitos humanos e a justiça social, estes indicadores continuam ainda longe de serem alcançados”.

O presidente da Renamo, aproveitou o 4 de Outubro para contestar e atacar aos líderes religiosos que no seu entender deviam sim a reflectir sobre as suas vidas. Segundo Dhlakama, estes têm vindo a ser usados nos últimos anos pelo governo da Frelimo : "O Dhlakama não precisa de ser apelado por um arcebispo, não precisa de ouvir de um arcebispo, não precisa de ouvir de um sheik, o Dhlakama sabe o que é paz" disse o líder da Renamo, reiterando a sua posição de promover a revolução até 25 de Dezembro próximo, processo que segundo ele irá trazer aos moçambicanos a verdadeira paz e democracia.

Para o efeito assegurou aos moçambicanos que : “o seu partido não irá promover um golpe de estado, não irá atacar, mas sim fazer aquilo que os outros países fazem com por exemplo o Egipto e a Líbia”.

Ouça a reportagem do Faizal Ibramugy.

XS
SM
MD
LG