Links de Acesso

Prado Paim quer gravar primeiro album em 36 anos


Prado Paim quer gravar primeiro album em 36 anos

Prado Paim quer gravar primeiro album em 36 anos

Há três anos persegue a esperança de poder gravar o primeiro CD, com canções do passado



A faltar poucos meses para comemorar setenta anos de idade, Prado Paim, músico angolano, pretende gravar o primeiro disco compacto depois de mais de cinquenta anos de carreira.

Natural de Caxito, Província do Bengo, Prado Paim começou a carreira musical na sua terra natal. Transferindo-se para Luanda, participa em alguns Kutonocas, concursos musicais para descoberta de novos artistas.

Em 1974 ganha um disco de Ouro pela Companhia de Discos de Angola (CDA), pelos sucessos musicais das canções Bartolomeu e Engrácia.

Após a independência de Angola em 1975 e trinta e seis anos depois, o músico não consegue gravar um disco.

Há três anos persegue a esperança de poder gravar o primeiro CD, com canções do passado e algumas mais recentes para que os apreciadores da música angolana recordem do seu talento artístico.

Prado Paim receia que não possa satisfazer o seu desejo e de muitos admiradores caso a morte chegue mais cedo.

Antes que a morte bata a sua porta, o artista pede ajuda a instituições governamentais e a grupos empresarias para que o sonho se torne realidade.

XS
SM
MD
LG