Links de Acesso

Militares egípcios têm plano de entrega de poder aos civis


Militares egípcios têm plano de entrega de poder aos civis

Militares egípcios têm plano de entrega de poder aos civis

Militares comprometem-se a realizar um referendo para aprovar a nova lei fundamental

Os militares que dirigem o Egipto desde o derrube do presidente Hosni Mubarak anunciaram que o parlamento vai retomar os trabalhos no próximo ano, segundo o calendário para transferir o poder para um governo civil.

Segundo a imprensa, o plano do Conselho Supremo das Forças Armadas estabelece que a Assembleia do Povo, câmara baixa do parlamento egípcio, se reúna em sessão na segunda metade de Janeiro de 2012, imediatamente após o anúncio dos resultados das eleições legislativas marcadas para Novembro ou Dezembro.

O conselho consultivo, a câmara alta do parlamento, deverá começar os trabalhos a 24 de Março, de acordo com o mesmo plano.

Depois de concluído o projecto de Constituição, os militares comprometem-se a realizar um referendo para aprovar a nova lei fundamental.

A campanha para as eleições presidenciais arrancará no dia seguinte à divulgação dos resultados desse referendo.

As eleições presidenciais realizar-se-ão no prazo de 45 a 60 dias após a aprovação da Constituição e depois disso os militares transferirão o poder para as autoridades civis.

Com a chegada ao poder dos militares, o Conselho Supremo das Forças Armadas dissolveu o parlamento e deu início ao processo de criação de uma nova Constituição.

XS
SM
MD
LG