Links de Acesso

Angola expulsa libanês acusado de financiar terrorismo

  • Faustino Diogo

Ali Tajideen é acusado de financiar o Hezzbollah, que Washington considera um grupo terrorista

Ali Tajideen é acusado de financiar o Hezzbollah, que Washington considera um grupo terrorista

Após denúncia dos Estados Unidos autoridades angolanas investigaram Ali Tajideen

O governo angolano decidiu expulsar do país o cidadão libanês Ali Tajideen acusado de envolvimento no financiamento de actividades terroristas.

Tajideen é suspeito de estar envolvido no branqueamento de capitais e de financiar o terrorismo através de uma das maiores redes de distribuição alimentar em Angola a “Arosfram” de que é proprietário.

As suspeitas de envolvimento do cidadão libanês foram levantadas há pouco mais de um ano pelo departamento da justiça americano desencadeando uma investigação interna que culminou com a expulsão administrativa do país segundo afirmou, Freitas Neto, o director do serviço de migração e estrangeiros.

Freitas Neto acrescentou que Angola não recebeu nenhum pedido de detenção ou extradição de Ali Tajideen adiantando que a sua expulsão vai acontecer logo que seja detido.

Ouça a reportagem do Faustino Diogo.

XS
SM
MD
LG