Links de Acesso

Moçambique: veteranos da guerra colonial reivindicam pensões

  • William Mapote

Moçambique: veteranos da guerra colonial reivindicam pensões

Moçambique: veteranos da guerra colonial reivindicam pensões

Dezenas de moçambicanos que estiveram ao serviço da tropa colonial portuguesa, na década de 1960, ameaçam organizar, em breve, manifestações pacíficas junto das representações da diplomacia portuguesa, em reivindicação à falta de pagamento de pensões a que dizem ter direito.

Dezenas de moçambicanos que estiveram ao serviço da tropa colonial portuguesa, na década de 1960, ameaçam organizar, em breve, manifestações pacíficas junto das representações da diplomacia portuguesa, em reivindicação à falta de pagamento de pensões a que dizem ter direito.

A reportagem da Voz da América encontrou parte dos antigos militares, na cidade da Beira, centro do País, onde manifestaram a sua intenção, alegadamente, porque as autoridades de Lisboa, estão a faltar com as promessas feitas há cerca de uma década.

“Em 2002 fomos convocados para nos inscrevermos junto da embaixada e consulados portugueses, para podermos ter o direito de receber as pensões. De lá até aqui, estamos a espera e nada nos é dito. É por isso que queremos esclarecimentos e caso contrário vamos realizar manifestações pacíficas junto das embaixadas e consulados onde nos inscrevemos, do Rovuma ao Maputo”, disseram os antigos militares.

Segundo os antigos militares, estão em curso tentativas de esclarecimentos junto das representações portuguesas em Moçambique e do resultado do diálogo, dependerá a decisão de avançarem ou não com as manifestações.

Tentativas de ouvir a reacção do Consulado português na Beira redundaram num fracasso. A fonte por nós contactada recomendou melhores esclarecimentos para a Embaixada em Maputo.

XS
SM
MD
LG